Como é feito o tratamento da água nas estações

Como é feito o tratamento da água nas estações

Conheça o passo a passo de como é tratada a água das ETAs.

As estações de tratamento da água são estabelecimentos responsáveis por disponibilizar água potável para toda a população, tornando-se importantes para que as tarefas e atividades do dia-a-dia possam ser cumpridas, afinal a água faz parte de diversos processos do cotidiano, tanto para consumo próprio, quanto para empresas que utilizam este recurso para suas execuções diárias.

Conhecer o processo pelo qual a água passa nas estações também é indicado para aqueles que preocupam-se com o meio ambiente, podendo entender como a água potável chega até os lares. Veja, abaixo, como é feito o tratamento da água nas estações.

Como é feito o tratamento da água nas estações?

Para conhecer como é feito o tratamento da água nas estações, pode-se dividir as ações em etapas, sabendo quais as substâncias e processos realizados em cada uma delas.

1. Pré-cloração: Este é o primeiro passo para quem deseja saber como é feito o tratamento da água nas estações, englobando neste desde a chegada da água na estação até o cloro que é adicionado ao líquido.

2. Pré-alcalinização: Após a inserção do cloro, a água é tratada com cal ou soda, estes que servem para ajustar os níveis de pH, visando a neutralização do líquido exatamente porque o mesmo chega como ácido às estações.

3. Coagulação: Nesta etapa é adicionado o sulfato de alumínio, cloreto férrico ou outro coagulante, com a movimentação bruta da água, em velocidade rápida para que as partículas dispensáveis possam ser desestabilizadas.

4. Floculação: Após a rápida movimentação, a água deverá ser manuseada lentamente para que haja a formação de flocos nas partículas de sujeira.

5. Decantação: Em grandes tanques, é separada a água das partículas.

6. Filtração: Em outros tanques, com a presença de pedras, areia e carvão antracito, é possível retirar as pequenas partículas que ainda restam do processo anterior, filtrando a água.

7. Pós-alcalinização: É feita uma última correção do pH da água, evitando corrosão ou incrustação.

8. Desinfecção: Adiciona-se cloro à água, garantindo a eliminação de bactérias e vírus.

9. Fluoteração: No processo final, adiciona-se flúor à água.

Related Posts

Tratamento químico da água

Facebook Twitter Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr WhatsAppTratamento químico da água Logo em seguida você irá contar…

Estação de tratamento de água ETA

Facebook Twitter Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr WhatsAppEstação de tratamento de água ETA Saiba logo em seguida como…

Escreva um comentário