Projeto de estação de tratamento de esgoto compacta

Rate this post

Projeto de estação de tratamento de esgoto compacta

O projeto de estação de tratamento de esgoto compacta tem como objetivos principais gerar toda a simplicidade de uma operação, bem como a economia de espaço e de mão de obra, uma opção moderna e diferenciada de tratamento dos efluentes domésticos e de ordem industrial. Saiba que os efluentes domésticos poderão incluir como em restaurantes as águas de cozinha, e o projeto de estação de tratamento de esgoto compacta é determinado através de fatores como algumas características de efluentes brutos que precisam ser conhecidos.

Conheça algumas das características dos efluentes brutos

Dentre algumas das características dos efluentes brutos, temos a vazão e o número de pessoas que estão envolvidas, além dos teores de sólidos e características que poderão determinar toda a necessidade de um pré tratamento. Saiba que os efluentes não precisam conter biocidas desinfetantes e matérias, sendo assim eles são tóxicos como a água sanitária, bem como seus derivados de Benzeno, tolueno e xileno, além do etileno, todo o teor de óleos e graxas precisam ser removidos em caixas de gorduras ou mesmo separadores de água ou de óleo.

A partir de um projeto de estação de tratamento de esgoto compacta os efluentes tratados devem obedecer diversos tipos de legislações estaduais e também federais conforme a disposição que deverá ser dada, como corpos de água como rios, lagos e lagoas, as redes municipais de esgoto, repouso, etc.

É importante também que seja conhecida toda a área disponível, os tipos de relevos e se a estação deverá ser enterrada ou aparente, qual o tipo de energia elétrica que está disponível, se existe já uma estação elevatória e como é que o efluente chega aos locais de tratamento.

Outra particularidade é que deverá existir um material da ETEC, uma possível previsão de expansão, entre outros fatores relevantes. Em uma sequência padrão os efluentes devem sair da origem, como por exemplo de fábricas, indo para estações elevatórias onde se for necessário deve haver uma grande peneira ou decantador primário e a partir disto o efluente deverá seguir para o reator aneróbico na sequência para o reator aeróbico em um decanto de iodo por exemplo.

A partir disto o projeto de estação de tratamento de esgoto compacta estará correto e a água poderá passar para um corpo receptor sem poluição.

Related Posts

Reuso da água na indústria

Facebook Twitter Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr WhatsApp Rate this post Reuso da água na indústria Em…

Estações de tratamento de efluentes

Facebook Twitter Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr WhatsApp Rate this post Estações de tratamento de efluentes O…

ETE residencial compacta

Facebook Twitter Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr WhatsApp Rate this post ETE residencial compacta Grandes empresas no…

Escreva um comentário